Pesquisar este blog

terça-feira, 7 de setembro de 2010

O poder do Pretinho básico

O poder do ‘pretinho básico’


preto00

No mundo da moda, quando se fala em usar “preto”, é sinal de acerto garantido. Não tem como não lançar mão do artifício do “pretinho básico” quando se está na frente do guarda-roupa morrendo de pressa pra sair e a criatividade e a insegurança chegam travando todo tipo de ideia de que look vale a a pena apostar na ocasião. Tudo bem que, durante anos, a cor servia apenas para traduzir o luto – foi Ana da Bretanha que, no século XVI, deu origem ao costume de usar preto como luto (suas roupas eram sempre sombrias e, com o ar de tragédia que trazia no semblante, não tinha como não pensar que ela sofria por alguém que morreu).
AB
O cinema norte-americano fez o grande favor de começar a desmitificar esse pensamento e a dar novos sentidos à cor; afinal de contas, como não lembrar o clássico strip-tease das luvas de Rita Hayworth (“Nunca houve uma mulher como Gilda!”) ou do pretinho básico criado por Givenchy e eternizado pela bonequinha de luxo Audrey Hepburn?! A cor passou a também trazer a simbologia da mulher fatal, elegante e com classe. Chanel (“Santa Chanel!”) colocou ainda mais lenha na fogueira quando se utilizou da tonalidade em sua marca registrada, o tailleur, acrescentando ainda mais sobriedade e aristocracia ao preto.
Mas vamos ao que interessa e que todas pensam em primeiro lugar na hora de decidir a cor: preto EMAGRECE! Isso mesmo, além de todas as informações que já falamos aqui, o preto tem a fantástica qualidade mágica de amenizar as silhuetas e valorizar o corpo das mulheres. Outro ponto positivo é o fato de que ele combina com tudo: diferentes cores, diferentes tipos de acessórios e qualquer tipo de tecido.
Se a sua escolha for o preto, vale a pena usar a criatividade e arriscar um pouco na composição do look. Combinar com outras cores é sempre legal e também mostra uma preocupação em ser clássica e ao mesmo tempo um pouco arrojada. Vamos a algumas dicas:
DE
- Detalhes coloridos sempre são bem-vindos (acessórios com cores vibrantes ficam super legais e contrastam muito bem com o preto monocromático). Vermelho-cereja, rosa pink, fúcsia, azulão, amarelo e turquesa, entre outras, são sugestões ótimas para quem quer arriscar.
- Um ar moderninho pode ser conseguido misturando o preto com cores neutras e claras (rosa claro, pérola, chá, marfim etc). Nesse caso, vale muito a pena fazer sobreposição; por exemplo, uma blusa clara com uma regata preta por cima fica super lindo.
- Combinar preto com outros tons escuros proporciona um ar mais tradicional e formal (ótimo para ambientes sérios, como os corporativos). Azul-marinho, cinza-chumbo, verde-escuro e outros ficam ótimos e dão uma pitada de originalidade no monocromático.
Preto com branco é clássico! É Chanel e não tem como errar! Mas se você quer manter a unidade, tente então usar texturas diferentes (babados, tachinhas, brilhos e, é claro, as rendas, que estão super na moda). O importante é abusar do preto e utilizá-lo para transmitir a informação certa; seja ela qual for, tenha certeza de que vai estar arrasando. Vale lembrar também que  não basta só isso, a atitude é tudo quando se monta um look – então levante o nariz e ACONTEÇA nas ocasiões!

Promoção Visita Premiada Via Brasil

video

Vídeos Via Brasil

Loading...